Blog

Como Evitar Multas com o Evento S-2210 no eSocial

O evento S-2210 no eSocial é uma ferramenta essencial para a gestão de saúde e segurança do trabalhador. Ele é usado para registrar e comunicar acidentes de trabalho, que são incidentes em que um empregado sofre uma lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, a perda ou redução da capacidade para o trabalho.

Detalhes do Evento S-2210

O evento S-2210 deve conter informações detalhadas sobre o acidente, incluindo a data e hora do acidente, o tipo de acidente (típico, de trajeto ou doença ocupacional), a descrição detalhada da situação geradora do acidente ou doença ocupacional, e se o acidente resultou em morte.

Além disso, deve-se informar se houve afastamento do trabalho, se houve emissão de CAT, os dados do atestado médico, os dados da testemunha (se houver), entre outros.

Benefícios do Evento S-2210

A implementação correta do evento S-2210 traz vários benefícios. Primeiro, ele ajuda a garantir que todos os acidentes de trabalho sejam devidamente registrados e comunicados, o que é crucial para a proteção dos direitos dos trabalhadores.

Em segundo lugar, ele permite que as empresas monitorem efetivamente os incidentes de saúde e segurança no local de trabalho e tomem medidas para prevenir futuros acidentes.

Por último, mas não menos importante, o cumprimento das obrigações do eSocial, incluindo o evento S-2210, pode ajudar as empresas a evitar multas e penalidades pesadas.

O não cumprimento das obrigações relacionadas ao evento S-2210 no eSocial pode resultar em multas para o empregador. As multas são mais preocupantes do que as multas de Normas Regulamentadoras, porque são aplicadas por funcionário afetado.

Além disso, não enviar eventos de SST ou enviar com informações erradas, pode resultar no pagamento errado dos tributos à Receita Federal, que é uma obrigação principal. Isso pode levar a uma autuação por sonegação fiscal.

Portanto, é crucial que todas as empresas entendam o evento S-2210 e implementem corretamente suas obrigações no eSocial para evitar essas penalidades.

Quando devo enviar o evento S-2210?

A empresa ou o empregador doméstico devem informar à Previdência Social todo acidente de trabalho ocorrido com o segurado empregado e o trabalhador avulso, mesmo que não haja afastamento das atividades laborais, até o primeiro dia útil seguinte ao da ocorrência e, em caso de morte, de imediato.

Quem deve enviar o CAT para o eSocial?

O CAT no eSocial deve ser enviado pelo empregador, o Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO), o sindicato de trabalhadores avulsos e órgãos públicos em relação aos seus empregados e servidores vinculados ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS). Geralmente, quem fica responsável pelo envio da CAT nas organizações são os profissionais do SESMT, do Recursos Humanos (RH) ou do Departamento Pessoal

Por que é importante?

A importância do evento S-2210 reside na sua função de facilitar a comunicação e unificação das informações sobre acidentes de trabalho ou doenças ocupacionais. Isso permite um monitoramento mais eficaz da saúde do trabalhador e ajuda a garantir que as medidas adequadas sejam tomadas em resposta a tais incidentes. Além disso, a falta de comunicação por parte da empresa pode resultar em multas e outras penalidades.

Portanto, entender e implementar corretamente os eventos no eSocial é essencial para garantir a segurança e o bem-estar dos trabalhadores, além de cumprir com as obrigações legais.

Compartilhar

A Setrab se preocupa com você e sua privacidade

O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site. Ao navegar pelo site, coletaremos tais informações para utilizá-las com estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.

Aceito